Posts Tagged 'Rita Apoena'

NOTICIANDO A FELICIDADE

com Rita Apoena:

Não é que o mundo seja só ruim e triste. É que as pequenas notícias não saem nos grandes jornais. Quando uma pena flutua no ar por oito segundos ou a menina abraça o seu grande amigo, nenhum jornalista escreve a respeito. Só os poetas o fazem.

Anúncios

MUDANÇAS SÃO SEMPRE BEM-VINDAS

Dei uma limpeza geral na vida nesses últimos dias. Arrumei guarda-roupa, escrivaninha, contas, minhas caixas de maquiagem… e também o blog. Aproveite que estou de férias até semana que vem e ajeitei algumas coisas:

• O link “o que Deus diz” está mais bacana com a lista completa dos posts dessa categoria. Vale a pena dar um pulo lá.

• Excluí tags, mudei categorias pra facilitar a navegação.

• Inclui alguns deliciosos links de blogs muito legais que descobri ao longo do ano e não tinha colocado até então. São coisas fofas que entraram para os meus favoritos e consequentemente para o meu coração:

Jornal das pequenas coisas, da Rita Apoena
Cheiro de flor quando ri, da Ana Jácomo
Flores e Livros, do Bernardo e da Cecília
Versos Voadores

Vale conferir cada um deles. Ótima leitura, excelente 2011!

numa folha qualquer eu ESCREVO um sol amarelo

Todo dia, a menina corria o quintal, procurando um arco-íris. Corria olhando para o alto, tropeçava e caía. Toda vez que se machucava, vinha chorando uma cor. Um dia, chorou o anil até esvaziá-lo dos olhos. Depois, chorou laranja, chorou vermelho e azul. Chorou verde. Violeta. Amarelo e até transparente! Chorou todas as cores que tinha, todas as cores de dentro. Então, abriu os olhos e nem o arco-íris, ela viu. Não viu flores e borboletas. Não viu árvores e passarinhos. Pensando que era ainda noite, deitou-se na cama e dormiu. Pensando que era tudo escuro, nem levantar-se ela quis! Ficou dormindo cinzenta, por dias e noites sem fim… Foi quando um sonho, tão colorido, derramou-se dentro dela! Tingiu o travesseiro e a fronha, o lençol e o pijaminha. Tingiu a meia e o quarto. Tingiu as casas e os ninhos! A menina abriu a janela e viu que hoje não tinha arco-íris. Mas tinha o desenho das nuvens. Tinha as flores e um passarinho.

Rita Apoena para começar a semana a cores, porque de preto e branco já basta o feriado de ontem, né não?

“SUGESTÕES PARA PRESENTES”


Não, não é meu níver, nem alguma data especial, nem dia das crianças (porque eu mereço presente neste dia também), nem chegou o Natal, mas, pelas sugestões tá sublimes do texto de Rita Apoena, achei-me no direito de pedir presentes, como costumeiramente faço com minhas amigas íntimas – Fulana, me dá um presente!!!

Segue então uma lista:

Amor. Bolinhas de sabão. O som de copos com água. O som das gotas no chão. Um sorriso tímido. A música por trás dos ruídos. Um coração encostado no outro. Um ou dois para sempres. Um avião nas mãos de um menino. Um barquinho de papel. Uma pipa atravessando as nuvens. Uma sementeira de tulipas. Um mingauzinho de aveia. Um par de meias listradas. Dois ou três cata-ventos. Uma palavra inventada.

DESCOBERTAS


Passeando pela web fiz descobertas deliciosas por esses dias. Foi como uma corrente, uma coisa levando a outra e quando me deu conta tinha um monte de coisa pra contar por aqui.

Foi mais ou menos assim:

no blog da Charlene (que volta e meia está por aqui) vi vários textos de Ana Jácomo >> procurando por esta no Google achei seu blog >> No rodapé deste encontrei uma ilustra com uma frase de Saramago (gostei!), entrei >> é um blog recheado de frases e imagens gostosas, lá tem também a Rita Apoena, que escreve lindamente e vou começar a falar mais dela por aqui.

Vale a pena a visita! Nos quatro!


SEJA BEM-VINDO!

JULIANA ESCREVE
Sobre tudo que alcança seu coração, o que não é pouca coisa! Deus, família e amigos são assuntos recorrentes. Milagres, bençãos e bom humor também fazem parte... Se quiser ficar no meu coração, à vontade, mas não traga porcarias para dentro dele, ok? :)

Categorias