Posts Tagged 'abraço'

ABRAÇO AMIGO


Aproxime-se mais. Tente sentir do que um abraço é capaz. Quando bem apertado, ele ampara tristezas, sustenta lágrimas, combate incertezas, põe a nostalgia de lado. É até capaz de amenizar o medo. Se for cheio de ternura, ele guarda segredos e jura cumplicidade. Um abraço amigo de verdade divide alegrias e se apraz em comemorações. Abraços são pequenas orações de fé, de força e energia. Olhe para o lado: há sempre alguém que quer ser abraçado e não tem coragem de dizer. Enlace-o. O pior que pode acontecer é ganhar de volta um sorriso de carinho ou, quem sabe, uma palavra sincera. Você vai descobrir que ninguém está sozinho e que a vida pode ser um eterno céu de Primavera.


O post de hoje é dedicado especialissimamente para Flávia Celin, um amiga tão querida que precisei me apropriar das palavras de Flora Figueiredo para desejar-lhe, do fundo do coração, um super – hipe, mega, advanced, plus – aniversário.

Anúncios

FOI POR CAUSA DO ABRAÇO


Na preguicinha de um sábado de manhã, um diálogo:

– amor, vou levantar
– não vai, não
– vou sim
– você não quer ir
– quero sim
– então vai
– não quero mais!

# diálogos possíveis

MANHÃS


o relógio desperta
é hora de chegar mais perto
porque já esta quase dando a hora de levantar

e por mais uns minutinhos ela curte o abraço e o soninho
e quando faz menção de se levantar enfim
o braço ao seu redor lhe aperta ainda mais num dito silencioso:
fica mais!
e quem é ela para desafiar tão clara ordem.
aquiesce e dorme!

LAÇOS



Eu nunca tinha reparado como é curioso um laço.
Enrosca-se, mas não se embola, vira, revira, circula e pronto.
E quando puxo uma ponta, o que é que acontece?
Vai escorregando, devagarzinho, desmancha, desfaz o abraço.
E, na fita, que curioso, não faltou nem um pedaço.
Então o amor e a amizade são isso, não prendem,
não escravizam, não apertam, não sufocam.
Porque quando vira nó, já deixou de ser laço!

Recebi esse texto de uma amiga querida, Flávia, que está sempre por aqui no blog. Gostei um tanto!!! Boa sexta!

*Não sei a autoria, se alguém souber coment me, please!

ADMIRÁVEL MUNDO NOVO


Vivo num mundo novo.
Ainda descobrindo os caminhos, o tom certo do assovio, o timbre da voz, o tamanho do sorriso.
Esse novo não me assusta, me anima! E os passos vão em direção ao desconhecido, e os pés (um pouco vacilantes) seguem adiante…

Mas uma coisa percebi, sempre astuta: aqui não existem laços, nem abraços, as pessoas são menos coloridas, mais contidas.
Mas não é de todo um mal irremediável, porque se aqui estou é bem provável que se espalhe pelos quatro cantos todo o calor que pulsa aqui dentro, todo o vigor dos meus olhos espertos, todo o amor de um coração aberto…

Porque, sim, o mundo é novo, mas eu sou a mesma!

UM ABRAÇO PRA VOCÊ TAMBÉM

Porque é sexta-feira e esse dia merece, não só beijos, mas amores e abraços e quentura e laços.


* Obra de Romero Britto, The Hug (eu fui na exposição! leeeeeenda)

DEZEMBRO

Acordara esta semana no meio da noite. janela aberta, cortina entre-aberta, vento fresco das últimas madrugadas. chamou-lhe a atenção as luzes coloridas lá fora. sonolenta ela não entendeu de pronto que era o mês do natal que brilhava… dezembro esse ano chegou mansinho pra ela, o mês que tanto adorava. foi trazida aos poucos do seu estado de letargia e voltou a sentir aquela alegria… típica das festas de fim de ano, dos amigos secretos, dos choros emotivos, dos presentes recebidos, dos abraços dos amigos, da família reunida, das comidas delicinha, dos e-mails, telefonemas, torpedos e cartinhas, da esperança de um amor sincero, da certeza das promessas de Deus se cumprindo… das luzes de natal, suas cores e seus piscas que lembram que ela não viu o ano passar (mas passou…), mas o próximo está aí, doido pra ser visto e aproveitado e vivido.

sendo assim, voltou a dormir.


Sim, sim… voltei a escrever!
🙂


SEJA BEM-VINDO!

JULIANA ESCREVE
Sobre tudo que alcança seu coração, o que não é pouca coisa! Deus, família e amigos são assuntos recorrentes. Milagres, bençãos e bom humor também fazem parte... Se quiser ficar no meu coração, à vontade, mas não traga porcarias para dentro dele, ok? :)

Categorias