Posts Tagged 'Shakespeare'

DESEMBAÇA


Quando as imagens diante dos olhos (e além deles) estão embaçadas, quando tudo parece distante, impossível e não vemos nenhuma perspectiva, é nesse momento que devemos fechar os olhos, confiar em Deus e acreditar no amor.

Funciona!

**
“O amor consola, como sol após a chuva.” Shakespeare
“Em última análise, precisamos amar para não adoecer.” Freud

Sabe, Seu Shakespeare, eu sei bem o que é isso… quando chove aqui dentro o que a gente mais deseja é uma longa e doce temporada de verão. Eu particularmente adoooooro!

E Seu Freud, já vi gente adoecer de amor e por falta dele… e não acho isso nada bom. Mas se existe algo verdadeiro nessa vida é isso: o amor é um santo remédio (e também uma vacina)!

E só pra terminar, com a palavra, João, o apóstolo do Amor (não confundam as pessoas, ok? hehe)

“Filhinhos, não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade.” I João 3:18

🙂

PRA COMEÇAR BEM

Então minha gente, fins de semana rendem sempre posts bacanas, porque meu coração se enche de coisas boas e novas todos os sábados e domingos. Adooooooooro. Hoje estou feliz e com um bom humor insuportável, então pra começar bem a semana, dois textos de Shakespeare pra inspirar nossa segunda.


** há quem diga que todas as noites são de sonhos.
mas há também quem garanta que nem todas, só as de verão.
no fundo, isto não tem muita importância.
o que interessa mesmo não é a noite em si, são os sonhos.
sonhos que o homem sonha sempre, em todos os lugares,
em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado.

ai, ai… adoro verão, adoro Shakespeare…


** amor não é amor
se quando encontra obstáculos se altera,
ou se vacila ao mínimo temor.
amor é um marco eterno, dominante,
que encara a tempestade com bravura;
é astro que norteia a vela errante,
cujo valor se ignora, lá na altura.
amor não teme o tempo, muito embora
seu alfanje não poupe a mocidade;
amor não se transforma de hora em hora,
antes se afirma para a eternidade.
se isso é falso, e que é falso alguém provou,
eu não sou poeta, e ninguém nunca amou.

E, sim, é verdade, estou apaixonada

por Shakepeare 🙂


UM DIA VOCÊ APRENDE

Pra começar o dia com um papo cabeça (é, no meu coração tem bastante disso também), editei um texto de Shakespeare (me corrijam se eu estiver errada!) lindo (o lindo pra Shakespeare é redundante!) e coloquei uns grifos meus. Deliciem-se!


Depois de algum tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.

Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que paciência requer muita prática.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

Portanto… plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar… que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais.

****

Acho mesmo que esse Shakespeare sabia um tanto de bíblia, de Deus e de pessoas também… Caso tenham grifos próprios – e esse texto mereeeeeece ser grifado – deixem nos comentários.

🙂


SEJA BEM-VINDO!

JULIANA ESCREVE
Sobre tudo que alcança seu coração, o que não é pouca coisa! Deus, família e amigos são assuntos recorrentes. Milagres, bençãos e bom humor também fazem parte... Se quiser ficar no meu coração, à vontade, mas não traga porcarias para dentro dele, ok? :)

Categorias