Arquivo para janeiro \30\UTC 2012

HELENA. BOA MENINA

Filha, amanhã papai vai ter ver… fica bem bonitinha, dá tchau pro papai e seja boazinha com a médica, tá? Papai te ama!

No dia seguinte, ultrassonografia morfológica:
Helena com pé no rosto, demorou muito pra conseguir medir as perninhas e nada de mãozinha fofa, dedinhos do pé, narizinhos e tudo mais… estava escondidinha dentro de sua casinha sem dar muita bola pro que acontecia cá fora. Fotinhas da bebê rechonchuda?!?! Dessa vez não. Apenas rins, fígado, coração e essas coisas!

Papai bocejou nos quase quarenta minutos que ficamos lá…a médica balançou, balançou e nada da menina dar o ar de sua graça!

No elevador, indo embora da clínica, papai teve a primeira conversa séria com Helena:

Filha, papai tá decepcionado com você. Papai conversou tanto, deu beijinho na barriga da mamãe, falou pra você dar tchau…

Ele realmente ficou sentido com isso!
Mas no fim do dia a conversa já mudou:
Filha, papai não está mais aborrecido com você não, tá! Foi só naquela hora, já passou! E que eu queria muito te ver… Papai te ama!

 

:: Bom, Helena hoje está saudável, crescendo normalmente, com cerca de 507 gramas ideal para suas 24 semanas.
:: No vídeo da ultra em um momento ela mexeu os pezinhos e foi a única fofura que ela fez ao pai.
:: Em outra ocasião, a médica sentiu dificuldade de medir os braços pois eles estavam juntinhos e as mãos dadas (fotinho acima) como se fosse uma oração. A médica falou: ela é uma menina que desde pequena já sabe orar. Sorri involuntariamente lembrando que menos de uma hora atrás eu e o papai estávamos orando por sua vida, antes de sair de casa. Ela deve ter nos ouvido e acompanhado.

Boa menina! A mamãe também te ama!

ARRUMANDO ASSUNTO

Estou lendo meu 2º livro do ano (nada mal pra um início de ano), Feliz por Nada, de Martha Medeiros (emprestado, preciso registrar, pela querida Jú*). Pois bem, numa de suas crônicas ela fala um pouco de como arruma assunto para as colunas semanais dos jornais para os quais escreve.

E porque isso agora? Bem, porque estou há meses sem escrever – no blog e na vida – mas não por falta de assunto (meu coração está cheio de Helena e o que resta dele é do meu marido, família, igreja, amigos, Deus, praia, sol, verão e picolé Ajellso de araçaúna), mas me faltava disposição, fui preguiçando do ofício de escrever e comecei a parar de pensar os acontecimentos da minha vida como belos temas pra posts…

Essa semana, no entanto, fui tomada por uma febre de escrever e cá estou eu, reativando minha “rede de relacionamentos” (essa eu aprendi no 1º livro do ano, O Segredo de Luísa), só pra dizer: ei, estou aqui, voltei a escrever, acompanhem meu blog, que sou eternamente carente de comments.

Digo mais: podem ler os posts anteriores, que apesar da data (que eu burlei deliberadamente) também são novos…esse por exemplo, eu escrevi no futuro, em fevereiro… e publiquei aqui, pra ninguém dizer que eu não tinha assunto!________________________________________________________


* Juliana Malacco – mecenas constante das minhas leituras. Beijo amiga, estou te devendo a trilogia Sigma, levo em nosso próximo encontro.


SEJA BEM-VINDO!

JULIANA ESCREVE
Sobre tudo que alcança seu coração, o que não é pouca coisa! Deus, família e amigos são assuntos recorrentes. Milagres, bençãos e bom humor também fazem parte... Se quiser ficar no meu coração, à vontade, mas não traga porcarias para dentro dele, ok? :)

Categorias