Archive for the 'Geral' Category

O AMOR ENGORDA


já reparaste como são magros os desamados?
aqueles que sofrem não tem fome se não a de amor, e,
na falta deste, definham…

só os infelizes comem pouco…
eu por exemplo, fiquei magrinha, magrinha
não comia nada, só bebia água
triste sina era a minha de só me alimentar do que não tinha

(confesso) por um tempo até gostei da minha magreza
mas quando o amor voltou, não teve jeito
veio junto a felicidade…
e quem já viu nessa vida pessoa feliz fazer jejum?

nunca vi!
podes prestar bem atenção: os gordinhos são mais felizes
estão sempre fartos de amor!

Anúncios

MUDANÇAS SÃO SEMPRE BEM-VINDAS

Dei uma limpeza geral na vida nesses últimos dias. Arrumei guarda-roupa, escrivaninha, contas, minhas caixas de maquiagem… e também o blog. Aproveite que estou de férias até semana que vem e ajeitei algumas coisas:

• O link “o que Deus diz” está mais bacana com a lista completa dos posts dessa categoria. Vale a pena dar um pulo lá.

• Excluí tags, mudei categorias pra facilitar a navegação.

• Inclui alguns deliciosos links de blogs muito legais que descobri ao longo do ano e não tinha colocado até então. São coisas fofas que entraram para os meus favoritos e consequentemente para o meu coração:

Jornal das pequenas coisas, da Rita Apoena
Cheiro de flor quando ri, da Ana Jácomo
Flores e Livros, do Bernardo e da Cecília
Versos Voadores

Vale conferir cada um deles. Ótima leitura, excelente 2011!

FANTASIAS DE AMOR

e agora, quem poderá nos defender…
do amor?

PRECE DA SEMANA


contei meus sonhos a Deus
os grandes e pequenos
pedindo que realizasse todos eles
ou melhor, que eu sonhasse os dEle
pois aí teria certeza de ter realizado meus desejos
mesmo tendo mais do que mereço.
amém

ONTEM

Antes de você ir embora, te beijei, abracei e afundei meu rosto em seu pescoço.
Teu cheiro pregou-se em mim e era como eu te cheirasse a noite toda…

9 COISAS SOBRE MIM

Entrei na onda do blog da minha amiga Kamilla e resolvi compartilhar 9 coisas curiosas sobre mim. Mesmo que ninguém se interesse é um exercício bastante bem legal pensar sobre si mesma! Enjoy!
* Aceito adendos, sugestões e possíveis risinhos das amigas mais íntimas.

1. chupei chupeta até meus 8 anos (vide minha arcada deformada!) Depois disso acalentei-me com uma fraldinha enrolada de um jeito criativo (sempre!!!!) que eu batia no nariz compulsivamente. Até hoje sinto um orgulho pueril pelo jeito que enrolava o pano: todas as amigas e vizinhas queriam que eu fizesse um pra elas! haha

2. escondo minha verdadeira idade desde os 21, data em que gostaria de estar com 17 anos. Evito colocar velinhas no bolo mas quando não tem jeito sempre faço um brincadeirinha e coloco a idade errada. Em troca recebo comentários amigáveis do tipo: “nossa, eu acho que já fui nesse aniversário” ou “acho que estou tendo um dejavu”.

3. tive uma infância bem doentinha: bronquite asmática, reumatismo, disritmia (e arritmia também), sopro no coração e por aí vai… quando minha mãe fala sobre isso hoje em dia eu ainda deixo a pobrezinha se sentindo culpada porque falo: foi porque não tomei leite materno!

4. aprendi a ler aos 4 anos brincando de escolinha com minha irmã mais velha. Quando fui pra escola a professora ficava nitidamente irritada comigo pois quando ia ensinar uma nova “familia” de fonemas eu s-e-m-p-r-e falava: eu já sei…esse é o “ême”, esse é o “éfe”!

5. quando fiz faculdade na UFES, na turma de Comunicação Social de 98, eu era a única negra (e com orgulho)!

6. quando eu era criança, muitos dos meus sonhos eram encenados: de dia brincava de cavalinho com meu pai, a noite subia na minha irmão e ficava pulando nas costas da coitada que dormia do meu lado; levantava e me punha em frente ao espelho achando que estava na janela da sala, entre outros, mas eu juro que não me lembro de nada, minha mãe me contava tudo no outro dia.

7. Jogava handboll na adolescência, fui do time da Desportiva/ES (tiva!! tiva!!) e ganhamos o estadual feminino no ano de não sei ao certo. O fato é que eu amava jogar, treinar, usar o uniforme, viajar com o time e, principalmente, andar de joelheiras pelo bairro!

8. tenho dificuldade de localização, tipo norte/sul leste/oeste, rua direita ou esquerda, enfim, me perco quase toda a semana em algum lugar, seja a pé ou de carro. Preciso ir várias vezes a um lugar para gravá-lo, me perco em casas e ruas que não conheço bem, se entro de um lado da rua, normalmente quando saio vou pro lado oposto. Diante disto não tenho credibilidade nenhuma quando falo pra alguém: “pode deixar que eu te levo” ou “eu sei onde é”! Minhas amigas já me mandaram ir ao médico e meu marido acha que tenho problema de memória (eles devem ter um pouco de razão).

9. Há uns dois anos atrás entrei no ballet e cansei de ouvir que eu já tinha passado da idade. Mas não me importei! Adoro sapatilhas, meias e polainas. E amo dançar pra Deus!

ELA É JUNINA

 

* junho é mês de festa, de júbilo, de jujuba (gostosa e colorida), junho é mês de Juliana (balzaquiana), de juventude, de juízo, de justiça, de juras (de amor, por favor!), de juntar tudo que mais gosta e comemorar, porque antes de Juliana ser de junho, ela é de Jesus e esse é o maior motivo para ela fazer festa em junho ou em qualquer outro mês.

* estava curtindo felicidade em junho, nem dei as caras por aqui, então segue textinho pra não passar em branco esse mês que tanto amooooo!


SEJA BEM-VINDO!

JULIANA ESCREVE
Sobre tudo que alcança seu coração, o que não é pouca coisa! Deus, família e amigos são assuntos recorrentes. Milagres, bençãos e bom humor também fazem parte... Se quiser ficar no meu coração, à vontade, mas não traga porcarias para dentro dele, ok? :)

Categorias