SEMELHANTES


*
Isso faz uns bons anos.
Ele andava barbudo e com cabelos compridos desajeitados. Não chegava a se passar por figura estranha, afinal de contas estava dentro de uma universidade federal, fazendo o curso de educação física. Mas, normal, normal também não era… não passava despercebido, ele tinha um
“quê”.
Estava em crise com sua fé, com Deus, com a vida. Ele precisava de sinais.
Um dia acordou mais decidido: Deus, preciso de um sinal de que Você existe, que é verdade tudo o que creio, que eu posso ser melhor do que sou, que eu sou de Jesus e Ele é meu, que somos mesmos parecidos…e continuou a divagar, aborrecido, revoltado, se sentindo abandonado, com os cabelos ainda desgrenhados.
Sua última aula do dia foi Natação. Mudou de roupa e pulou na piscina para o primeiro mergulho, ao que ouviu, atrás de si, um colega – ei, Jesus! Só ouviu sem reação, mas a voz insistiu – ei, você! Virou-se pra perguntar – é comigo? – é sim, você está parecido com Jesus desse jeito!!!
Não pode falar mais nada e as águas misturaram-se às lágrimas, e vice-versa.
Sim, era o sinal! Ele tinha semelhança, não era órfão, tinha família, traços, jeito, cabelo, barba parecidos com os dEle. Desde então quis ser semelhante também nas atitudes e no coração.
Naquele dia, na saída da faculdade ainda foram mais longe em sua genealogia: indo embora, ao passar pela entrada principal, o porteiro brincou – Ei, Rei Davi! Tá bonitão, hein!
E sorriu! Dessa vez ele não voltou os olhos pra trás com dúvida! Sabia que era dele que o homem falara. E sorriu novamente, contente com os sinais do dia!


* A história é verídica, mas a bossa e a prosa são minhas, hehe. Ouvi o relato desse rapazinho de Deus aí embaixo (Gustavo, um dos líderes e coreógrafos da Cia Tribus, pela qual eu sou apaixonada!) no Congresso de Dança que participei em Aracruz esse mês. Olha, foi lindo, fui muito abençoada esses dias por toda a Cia, eles são uns queridos!

Fiquem na paz!

🙂

Anúncios

2 Responses to “SEMELHANTES”


  1. 1 Brenda Nepomuceno 28/11/2009 às 09:57

    Aaaaaai, amei! A história por si só já é linda, mas a sua capacidade “prosaica” com toda a certeza só veio a acrescentar!
    Beijinhos, flor.

    Curtir

    • 2 juaraujo 30/11/2009 às 09:28

      Minha parte foi só dar uma graça, mas a história do Gustavo é realmente incrível, e é apenas uma de muitas que ouvi… a Cia Tribus é uma coisa linda de Deus! 🙂

      Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




SEJA BEM-VINDO!

JULIANA ESCREVE
Sobre tudo que alcança seu coração, o que não é pouca coisa! Deus, família e amigos são assuntos recorrentes. Milagres, bençãos e bom humor também fazem parte... Se quiser ficar no meu coração, à vontade, mas não traga porcarias para dentro dele, ok? :)

Categorias


%d blogueiros gostam disto: